Tabela de compatibilidade CSS atualizada com Google Chrome

Google Chrome já mostrou que não veio pra brincadeira. O novo navegador da Google movimentou o twitter com centenas de comentários para todos os gostos e os principais ítens discutidos foram a leveza nativa do browser ao trabalhar com javascript, a interface limpa e alguns problemas encontrados com flash, javascript e com o rendering do CSS.

O Google Chrome foi desenvolvido com WebKit, que é um motor de renderização baseado no KHTML, que suporta a maioria dos padrões relacionados a navegação Web, além de algumas funções do Internet Explorer fora dos padrões numa tentativa de renderizar corretamente o maior número possível de páginas web. Então por definição, se seu site não está renderizando direito nele, infelizmente é seu site que foi desenvolvido fora dos padrões (aka gambiarras css) ou usando um modelo errado (aka Internet Explorer) como base.

Para entender a compatibilidade do CSS no Google Chrome, o blog do evotech.net publicou uma tabela atualizada comparativa (essa eu vi primeiro no Pinceladas da Web) com todos os seletores e pseudo-classes de CSS nos navegadores usados hoje.

CSS Support with Google Chrome

Note que os navegadores com maior suporte às regras CSS na tabela são o Chrome e o Safari, os únicos da lista que usam Webkit. 

Eu, particularmente, vejo um grande potencial e torço pela popularização do Chrome em usuários Windows. A Google deu um passo muito importante no caminho por uma web melhor, mas enquanto o Internet Explorer imperar e a Microsoft continuar olhando somente pro próprio umbigo, quem monta HTML/CSS vai continuar sofrendo tanto quanto sofre hoje para fazer uma apresentação cross-browser. 

Tem sede de design e código? Siga-me no Twitter @richardbarros

7 comentá em “Tabela de compatibilidade CSS atualizada com Google Chrome

  1. Alan Willms 08/09/2008 15:57

    Então segundo isso eu fiz uma gambiarra pras minhas tabelas sumirem à direita no Google Chrome…

    :'(

    Responder

  2. João José 18/10/2008 19:54

    Então me ensinaram CSS errado –‘
    Pkee fica tudo desconfigurado no Google Chromes…
    Ahh, ja tentaram instalar ou visualizar qqr coisa em Flash nele?

    Responder

  3. Chris Benseler 30/12/2008 13:32

    Já passando pro pessoal aqui da equipe de interface da empresa!
    Bacana, bem bacana a tabela!

    Responder

  4. José 09/06/2009 10:30

    Estou mexendo num sistema de envio de foto para crachá que usa um cropper javascript e ficou totalmente desconfigurado no Chrome. Testei a página no css-validador e ele nao acusou nenhum erro. Está valido para o CSS nível 2.1.

    Responder

  5. Tester 21/11/2012 08:30

    Pois é… a boa notícia é que o IE está ficando pra trás, esá sendo substituído aos poucos por muitos usuários do mundo Windows. Eu demorei pra trocar o IE e há uns 3 anos uso o Chrome (para navegação) e o Firefox (para análise). Não pretendo usar o IE de novo nem morto rss. Esse browser já era, tá muito ruim em relação aos concorrentes… Fiz até um teste num fim de semana: Usando IE durante 5 horas, perde-se quase 2 anos de tempo durante suas pesquisas! Além dele não ter a eficiência desejada, ainda é o que mais trava. Nestes testes usei IE8 no Windows XP e Vista.

    Responder

  6. Tester 21/11/2012 08:35

    Errata: […] Usando o IE durante 5 horas, perde-se quase DUAS HORAS de tempo em suas pesquisas. Antigamente pensava que era os sites que estavam ficando pesados ou a banda-larga que não era suficiente, mas na verdade o principal problema estava justamente no Internet Explorer, principalmente a versão 6, que já não serve pra praticamente nada na net dos dias atuais.

    “Se é pra usar tecnologia, que use a melhor, a mais moderna, a mais agradável e mais acessível. Poruqe tecnologia é isto! Então, por que continuar usando o IE?”

    Responder

Faça um comentário

Your email address will not be published.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>