Minimin – Encurtador de URLs inteligente e fácil de usar

Sempre achei difícil encontrar os links que compartilhei no meu twitter há algum tempo atrás. Principalmente porque a timeline do Twitter não facilita o acesso a posts antigos.

Não seria muito útil se os links que encurtamos para compartilhar ficassem gravados em uma conta minha em algum serviço online automaticamente? Foi a partir dessa ideia que criei o Minim.in, um encurtador de URLs pensado para ser simples e fácil de usar.

O Início

Criei o Minim.in em uma noite e só pelo prazer de ter meu próprio encurtador - programadores devem conhecer essa sensação -, mas em menos de um mês a ferramenta começou a ser usada por uma boa galera e tive que trabalhar nela com muito mais dedicação do que imaginei. Então tomei a decisão de transformar a brincadeira em coisa séria e levei ela para os estúdios da Homem Máquina.

Agora éramos uma equipe trabalhando nela e isso trouxe uma série de novos desafios. Migramos para um servidor dedicado, tivemos que otimizar o código, decidimos migrar o ambiente para uma combinação de nginx com apache – uma bruxaria doida que inventamos lá – e a quantidade de links e acessos só crescia.

O que o Minim.in faz, afinal?

Ele não só encurta sua URL, mas monitora as publicações dela no Twitter, agrupa seus links por #hashtags e monta algumas estatísticas interessantes de acesso.

Engajamento

Mas não queríamos fazer só isso… Queríamos criar uma experiência mais interessante entre a ferramenta e os usuários. Trouxemos alguns conceitos de engajamento e gamificação e decidimos ir até os usuários para dar boas vindas e até contar como está o andamento de seus links mais visitados.

Lindo, né?

Minim.in em tempo real

Conforme a brincadeira ficava séria, conseguíamos criar cada vez mais com os dados de API fornecidos pelo Twitter, Google e Facebook.  E nesse meio tempo, em uma parceria com o evento Descolagem, criamos uma ferramenta de streming em tempo real: o Minim.in Live!, que também foi adaptado para mostrar em tempo real o que estava rolando no Twitter sobre a Campus Party 2012.

E a essa altura já estávamos conectados à APIs de serviços como Youtube, Intagram, YFrog, Twitpic e Vimeo.

E não parou por ai..

Pra facilitar ainda mais a vida de quem encurta, compartilha e coleciona links com o Minim.in, também desenvolvemos um plugin de Google Chrome bem amigável.

Concluindo…

Criar o Minim.in naquela noite foi o pontapé para um trabalho muito maior que rolou nesses últimos meses. Fui inspirado por amigos que contribuiram muito para o que a ferramenta é hoje, como @yogodoshi, @cristianoweb, @_ednascimento e @anthonysousa e é muito gratificante estar aqui contando um pouco do que essa pequena ideia se tornou.

Ideias não valem nada se não forem postas em prática. Se você tem algo para colocar no mundo, inspire-se, corra atrás e tranforme em realidade – Cantei a pedra :)

Ah! E não deixe de visitar e encurtar com o http://minim.in

Tem sede de design e código? Siga-me no Twitter @richardbarros

3 comentá em “Minimin – Encurtador de URLs inteligente e fácil de usar

  1. Cayo Medeiros aka. yogodoshi 18/06/2012 20:38

    Show cara! Faça mais projetos sem pretensão como esse que pra mim se tornam sempre os melhores!

    E temos que marcar nosso hackday! E tu tem que começar a estudar rails tb =p

    Abraços!

    Responder

Faça um comentário

Your email address will not be published.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>